tortinha de grão de bico

1 set

qualquer coisa com grão de bico é, pra mim, sem erro. sempre gosto de ter um punhado cozido já pronto na geladeira porque é muito versátil de se usar. essa tortinha é moleza, só ingredientes que você já deve ter em casa e voilà, um almoço bem levinho. aqui dá para duas pessoas.

ingredientes:

(xícara de 240 ml)
1 xícara de grão de bico cozido e escorrido (pode ser o de lata)
1 colher (chá) de manteiga/margarina amolecida

1 cebola pequena ralada
1 cenoura média ralada
1 colher (sopa) de azeite
molho tabasco
sal e pimenta-do-reino

1 colher (sopa) de salsinha e cebolinha picadas

manteiga e farinha para untar a forma

1) aqueça o forno a 180º C. bata o grão-de-bico no liquidificador até formar uma pasta. se ficar muito seco/esfarelado, adicione um pouquinho de água.

2) em uma tigela, misture o grão-de-bico com a manteiga/margarina. reserve.

3) em uma frigideira anti-aderente, aqueça o azeite e refogue a cebola e a cenoura. junte a salsinha e cebolinha e tempere com sal e pimenta do reino a gosto e umas gotinhas de molho tabasco.

4) unte e polvilhe farinha numa forma tipo bolo inglês de 9 x 20 cm (eu usei mini-formas de bolo inglês para fazer tortinhas individuais). cubra o fundo com uma camada da pasta de grão-de-bico, intercale com uma dos legumes refogados e cubra com outra camada de grão-de-bico.

5) leve ao forno por aproximadamente 30 minutos. deixe esfriar, desenforme e sirva em seguida.

essa tortinha vai bem com uma infinidade de acompanhamentos. eu sirvo com abobrinhas e tomates grelhados e arroz integral.

Anúncios

muffins integrais de espinafre e queijo

19 ago

se o pessoal da livraria cultura visse meu celular, ficariam espantados…. já perdi as contas de quantos almoços eu fiz com receitas ‘emprestadas’ da seção de culinária.

essa é uma delas, é do livro da rita lobo, do panelinha. o livro se chama “culinária para bem estar”, que eu acabei comprando de presente para minha mãe (leram isso, pessoal da livraria cultura?). é ótimo para um lanchinho no fim do dia e dá pra levar na bolsa pro escritório.

faz 8 bolinhos.

ingredientes:

(xícara de 240 ml)
manteiga e farinha para untar

4 colheres (sopa) de manteiga OU margarina
1/2 xícara de leite
1 xícara de folhas de espinafre fresco, lavadas (aperte bem na xícara para medir)
2 ovos

1 xícara de farinha de trigo integral
1/2 xícara de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de açúcar
1 colher (sopa) de sal
pimenta do reino e noz moscada

1/2 xícara de mussarela OU queijo-minas cortado em cubinhos
1 colher (sopa) de gergelim preto

1) pré-aqueça o forno a 180°C (médio) e unte com manteiga e polvilhe farinha numa forma de muffins ou 8 forminhas individuais de empadinha.

2) derreta as 4 colheres de manteiga/margarina. no liquidificador bata o leite com o espinafre. junte a manteiga, os ovos e bata de novo. reserve.

3) peneire os ingredientes secos – farinhas, fermento, açúcar, sal e temperos  – numa tigela grande. abra um buraco no centro e despeje a mistura de espinafre. misture com uma colher até a farinha absorver todo o líquido.

4) coloque 2 colheres (sopa) de massa em cada forminha, coloque pedaços do queijo e cubra com mais uma colher de massa (pode chegar até a borda da forma) e o gergelim por cima.

5) leve ao forno e asse por uns 20 min, até dourar. deixe esfriar e sirva!

o definitivo hamburger de soja

19 ago

essa receita foi adaptada daqui, onde chamam de “hamburger de soja do gula gula”. o gula gula é uma rede de restaurantes arrumadinhos do rio, onde é fácil um vegetariano se esbaldar, mas eu confesso que nunca pedi o hamburger de lá….

faço a receita inteira e ela rende uns 6 hamburgers gordinhos, que eu congelo embrulhados individualmente em papel alumínio – DICA: é muito mais fácil prepará-los depois de congelados, pois não se desmancham tão fácil.

vamos lá:

(xícara de 240 ml)
1 e 1/2 xícara de proteína de soja miúda
água fervente

2 cenouras médias bem picadinhas
1 cebola média bem picadinha
100g de champignon bem picadinho – eu prefiro usar fresco, mas em conserva também serve
2 dentes de alho picados
1 colher de sopa de azeite
DICA: fica mais bonito e fácil de montar se você passar os legumes num processador, deixando os pedaços bem fininhos

2 claras batidas com um garfo
2 colheres (de sopa) de farinha de aveia OU aveia em flocos finos
2 colheres (de sopa) de farelo de pão OU farinha de rosca
2 colheres (de sopa) de castanha-do-pará picada
2 colheres (de sopa) de shoyo – eu uso o de sódio reduzido
2 colheres (de sopa) de salsa picada (ou ervas do seu gosto)
pimenta do reino e sal a gosto

1) lave e hidrate a soja: enxague algumas vezes e depois cubra com água fervente e deixe descansar por uns 20min. escorra e esprema bem com as mãos (e uma peneira, se quiser), tirando bem o líquido. se possível, passe a soja pelo processador também, para afiná-la.

2) aqueça o azeite numa frigideira anti-aderente grande, refogue o alho, a cebola, o cogumelo e a cenoura por uns 3 minutos. tempere com um pouco de sal. junte a soja e misture bem. desligue o fogo.

3) passe a mistura para uma tigela grande e junte as claras já batidas, a salsa, o shoyu, a aveia/farinha, a castanha e pimenta do reino. você terá uma mistura pegajosa e deve secá-la adicionando a farinha de rosca (ou o farelo de pão). normalmente não uso mais de 2 colheres de sopa. feito isso, coloque a tigela na geladeira por pelo menos 30min – a massa gelada é mais fácil de lidar.

4) pincele pedaços de papel alumínio com azeite e monte com as mãos discos de 8cm. embrulhe e leve ao congelador. eles se conservam bem por até 2 meses.

5) e para preparar: frigideira ou forno. na frigideira: aqueça um pouco de óleo e coloque o hamburger, deixando dourar embaixo antes de virar (cuidado para não quebrá-lo! deixe secar bem a base). mas é muito mais prático fazer no forno (e dá pra fazer vários ao mesmo tempo…): coloque numa assadeira levemente untada com óleo, leve ao forno pré-aquecido em 200°C (média-alta) por 25 min ou até dourar, virando na metade do tempo.

sirva no pão de hamburger com gergelim, com queijo (ou coalhada seca!), alface picada e cebola caramelizada no shoyu, hmmmmm!